2- Dor Pélvica ( dores no baixo ventre )

A) Se você está sentindo dores no baixo ventre, mas esta dor é no meio do ciclo menstrual, ou seja, por exemplo um ciclo de 30 dias e você está sentindo esta dor mais ou menos no 15o- dia, este sintoma poderá ser apenas a sua ovulação o que poderá lhe causar dores por 1 ou 2 dias, observe também se neste mesmo período você percebe a sua vagina um pouco mais úmida o que confirma o período ovulatório. Mesmo sendo uma dor típica deste período, se incomoda, precisa ser medicada pelo seu ginecologista.

B) Se sua dor teve início em qualquer dia ou época, podendo ter começado ao nível da região periumbilical ou principalmente na região inguinal direita, melhor dizendo em um ponto médio traçado em uma linha diagonal entre o umbigo e o osso ilíaco da bacia deste mesmo lado, podendo ser esta dor acompanhada ou precedida de náuseas ou vômitos, poderemos estar diante de um quadro de apendicite aguda, ou mesmo de uma torção de cisto de ovário, ou de qualquer outro processo inflamatório pélvico. Neste caso não perca tempo se medicando, procure o seu médico ou uma emergência médica para ter o seu caso melhor diagnosticado e tratado específicamente. Certamente o médico que a atenderá solicitará exames específicos como por exemplo Ultrassonografia de abdomem total em alguns casos até mesmo Tomografia ou Ressonância Magnética, além de exames de sangue principalmente um Leucograma para se ter certeza de uma infecção tipo bacteriana; ou exames de urina tipo sumário e cultura para afastar também a possibilidade de infecção urinária.

Em certos casos onde persiste a dor e o diagnóstico não foi concluído, pode ser que seu médico solicite uma Laparoscopia (que é um exame onde é introduzido uma ótica por intermédio de uma pequena incisão de apenas 1 cm. na região do umbigo e através desta se fará um diagnóstico preciso da sua dor) e na maioria das vezes tratada por este próprio método, podendo ter alta até mesmo em 1 dia e podendo voltar ao seu trabalho até mesmo no período de uma semana.

C) Lembrar que qualquer dor em qualquer época no baixo ventre, poderá ter como causa, várias patologias (doenças), como por exemplo: apendicite, cisto de ovário, rotura de cisto de ovário, torção de cisto de ovário, endometriose, infecção urinária, cálculo urinário, diverticulite, infecção intestinal, etc...

Gostaria de afirmar que dores justificam a presença de um médico e não a automedicação que poderá inclusive mascarar o verdadeiro diagnóstico e tratamento correto.

D) Dismenorréia ( cólica menstrual ) – esta poderá ser : primária ou secundária.

Primária – fator psíquico ou emocional ou aumento de prostaglandinas que provocam aumento da contratilidade uterina com vaso espasmo arteriolar, isquemia e dor. Entretanto este seu diagnostico e tratamento só poderá ser realizado pelo seu ginecologista.

Secundária – quando for determinada por patologias orgânicas tipo: endometriose, doença inflamatória pélvica, malformações uterinas, miomas, polipos, etc... neste caso o tratamento poderá ser clinico ou cirúrgico, quer por métodos convencionais, quer por laparoscopia ou histeroscopia cirúrgica.

Obs. Portanto nas dores menstruais, evite a auto-medicação e procure seu médico, para confirmar o tipo exato de dismenorreia e realizar o tratamento adequado para o seu caso. Certamente o seu ginecologista com exames tipo: ultrassonografia, histerossalpingografia, histeroscopia, laparoscopia ou outros fará o diagnóstico e tratamento correto.

Ps.: exercicios fisicos, natacão , apoio psicológico de amigos e familiares ajudarao com certeza no seu tratamento e melhora dos sintomas.